Perguntas frequentes
Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
24/06/2019 - 15:20 - atualizado em 24/06/2019 - 15:20
Público-alvo: 

As aulas de Português para estrangeiros são oferecidas pelo Instituto de Letras e Linguística (ILEEL), assim após o estudante chegar na Universidade, será realizado o contato via e-mail com todas as informações necessárias.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
19/06/2019 - 11:22 - atualizado em 19/06/2019 - 11:23

A candidatura individual é feita pelo próprio estudante. Para que seja aprovado, é necessário que o mesmo entre em contato com a universidade de destino, sem nenhuma intervenção da DRII, e consiga uma carta de aceite. De posse deste documento, você deve acrescentar um certificado de proficiência em língua estrangeira em nível igual ou superior a B1 (conforme demandado pela universidade) e no idioma exigido pela mesma e, em seguida, encaminhe para o colegiado do seu curso de graduação da UFU para análise e parecer. Em caso de deferimento, a coordenação deve encaminhar comunicado oficial para a DRII notificando seu caso.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
19/06/2019 - 11:35 - atualizado em 19/06/2019 - 11:35

A DRII não realiza nomeações e nem interferências de outra natureza em se tratando de candidatura individual. Neste caso, para realizar mobilidade internacional, você deverá se candidatar e ser selecionado por meio de algum Edital publicado pela DRII ou entrar em contato com outra universidade que aceite negociar a vaga, diretamente, com você sem comprometer as vagas destinadas aos Editais e programas da DRII.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
24/06/2019 - 15:16 - atualizado em 24/06/2019 - 15:16

Atualmente as bolsas do Santander são as principais nos editais da DRII, contudo a CAPES pode oferecer bolsas para os programas BRAFITEC e MARCA, bem como àqueles que pleiteiam os programas BRAMEX e BRACOL é oferecido um auxílio previsto no acordo entre os Estados. Além destas, os governos da França e Canadá oferecem bolsas aos estudantes que são aprovados em seus programas, respectivamente Eiffel e ELAP. Ainda, há a possibilidade do aluno UFU pleitear a bolsa de mobilidade disponibilizada pela PROAE.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
13/03/2019 - 12:04 - atualizado em 13/03/2019 - 12:04
Público-alvo: 

Ao concluir sua mobilidade internacional e regressar à UFU, você deverá comparecer, presencialmente, à coordenação de seu curso na UFU e solicitar que esta comunique seu regresso à DIRAC/PROGRAD, via sistema SEI, e realize os demais procedimentos necessários para a realização da rematrícula.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
19/06/2019 - 11:43 - atualizado em 21/06/2019 - 14:02

Embora significante, em alguns Editais, o CRA possui caráter classificatório e não eliminatório. Portanto, o estudante deve ficar sempre atento ao conteúdo do Edital no qual deseja se candidatar.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
08/02/2018 - 16:52 - atualizado em 24/06/2019 - 10:05
Público-alvo: 

Ao regressar à UFU, é de responsabilidade do estudante entregar o original (versão física assinada e carimbada ou com certificação digital) do histórico escolar emitido pela universidade receptora no Setor de Protocolos da Reitoria solicitando endereçamento à DRII/UFU, apresentar as ementas das disciplinas cursadas na coordenação de curso e preencher o relatório final de mobilidade.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
24/06/2019 - 15:13 - atualizado em 24/06/2019 - 15:13

A DRII aceita a candidatura de alunos para cursos que sejam de áreas afins ao seus estudos, contudo, cabe unicamente a universidade pleiteada a aceitar ou não a candidatura do estudante.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
24/06/2019 - 09:42 - atualizado em 24/06/2019 - 10:03

Normalmente sim, cada acordo com cada universidade demanda um tipo de processo específico para prorrogação do período de mobilidade, usualmente, a prorrogação depende do desempenho do aluno em suas disciplinas cursadas no primeiro semestre para a aprovação da universidade receptora.

Diretoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais
24/06/2019 - 09:40 - atualizado em 24/06/2019 - 09:40

Sim, é necessário ter sido aprovado em exame de proficiência em língua estrangeira aplicado por órgãos oficiais reconhecidos internacionalmente ou pelo ILEEL/UFU, cujo resultado seja expresso conforme o quadro comum europeu de referência (B1, B2, C1, C2). Vale reforçar que cada universidade exige um nível específico de proficiência que pode ser consultado no edital, além disso, atualmente as universidades de Portugal não demandam certificado de proficiência na língua.